Podcast

  • Se você costuma ouvir podcast em agregadores não deixe de procurar Uma Filósofa Por Mês nos apps Castbox e Podcast Addict!

Uma Filósofa Por Mês

6: Hildegarda de Bingen

Neste episódio, a doutoranda em Filosofia pela UFSC, Ingrid Meurer nos apresenta à filósofa, monja beneditina e escritora, Hildegarda de Bingen.

5: Hipátia de Alexandria

Neste episódio, convidamos a Profa. Dra. Semíramis Corsi Silva, do Departamento de História e Programa de Pós-graduação em História da UFSM e o Prof. Dr. Daniel de Figueiredo, Pós-doutorando pelo Departamento de História da FFLCH/USP para conversar sobre a vida e a obra de nossa filósofa do mês de abril Hipátia de Alexandria.

4: Reflexões sobre escrita, filósofas e currículo filosófico

Neste episódio, os participantes do projeto Uma Filósofa por Mês respondem a pergunta: “Quais são os significados (filosóficos, morais, políticos, pedagógicos) e as implicações para nossas reflexões teóricas feministas do fato de que as mulheres filósofas dirigem-se em seus escritos a outras mulheres filósofas ou às mulheres em geral, e não a um público inominado?”

3: As Pitagóricas Parte 3

Neste episódio as Professoras Doutoras em Filosofia Ilze Zirbel e Janyne Sattler continuam a conversa sobre suas pesquisas sobre as Filósofas Pitagóricas.

2: As Pitagóricas Parte 2

“No afã do diálogo ficou faltando nomear as Metamorfoses de Ovídio, e os mitos correspondentes, mencionados por Mary Beard em Mulheres e Poder, um Manifesto: Io é transformada por Júpiter numa vaca; a ninfa Eco foi punida por Hera pelo adultério de Zeus; e foi Filomela quem perdeu sua língua para evitar também a denúncia de estupro.” Janyne Sattler

1: As Pitagóricas Parte 1

Neste episódio a Professora Doutora em Filosofia Ilze Zirbel e a também Professora Doutora em Filosofia Janyne Sattler conversam sobre as Pitagóricas, sobre a dificuldade em encontrarmos obras de referência sobre essas filósofas, sobre sua atuação e importância dentro da Escola Pitagórica, além de refletir sobre processo de silenciamento que sofreram, não só as Pitagóricas como todas as mulheres que se aventuraram pelos caminhos do pensamento. Música de abertura: Sinnerman, Nina Simone.