Uma Filósofa por Mês

Quantas filósofas são estudadas nos cursos de graduação em filosofia? Quantas filósofas aparecem nos livros de história da filosofia? Com essas perguntas inquietantes em mente, um grupo de estudantes e professoras do departamento de filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina – Brasil criou o projeto “Uma filósofa por mês”. A cada mês, iniciando em março de 2020, serão realizadas minicursos, palestras, exposições artísticas sobre uma filósofa em específico. Começamos com as pitagóricas, depois Hipátia de Alexandria, Hildegarda de Bingen, Christine de Pizan, Margareth Cavendish, Marie de Gournay, Nísia Floresta, Maria Firmina dos Reis, entre outras.

Objetivo do Projeto Uma Filósofa por Mês

O objetivo do projeto é difundir quem foram as filósofas e ampliar o acesso bibliográfico, imagético e historiográfico das obras dessas mulheres. Esse objetivo está em consonância com a pesquisa de Carolina de Araújo (UFRJ-Brasil, 2016), que constatou a baixa presença de mulheres nos cursos de graduação, mestrado e doutorado em filosofia no Brasil, bem como nos cargos de docência. Sendo que, quanto maior a posição acadêmica, menor é a presença das mulheres.

Ativismo como forma de pedagogia

Questionamos, então, quais são as coincidências da ausência de filósofas no currículo e a ausência de mulheres nas cadeiras das salas das universidades brasileiras? Tendo tal problema em vista, esse projeto é influenciado pelo ativismo feminista acadêmico, que congrega pesquisa, extensão e interdisciplinaridade, e traduz também a ideia do ativismo como uma forma de pedagogia, pois propõe um olhar específico sobre as relações de gênero no campo da filosofia, nos seus processos de aprendizagem, nas metodologias e no mundo acadêmico, com vistas a contribuir para um sentido expandido de pluralidade e democracia para o currículo acadêmico e para a história da filosofia.

Integrantes do projeto: Janyne Sattler, Ilze Zirbel, Camila Kulkamp, Shayenne Bruna Alves, Ingrid Mathilde Meurer, Maurício Rasia Cossio, William Martini, Simon Aftalión, Vinícius Arion, Guilherme Pinto Ravazi, Matheus Colares e Carlos Bubols.

Ano Dois


Ano Um


+Sobre as Filósofas


Parceir@s do projeto:

7 comentários em “Uma Filósofa por Mês”

  1. Pena ser tão distante😞
    Adoraria participar. Fica a sugestão de futuramente oferecer na forma EaD.
    Um abraço 🌷💝

    Curtir

  2. Como egressa de mestrado do PPGFIL-UFSC fico extremamente feliz e orgulhosa da proposta de vocês. Obrigada pela abertura que estão nos dando!

    Curtir

  3. Projeto tão necessário como material bibliográfico e referências para que mais e mais estudantes, pesquisadores e público em geral tenha um conhecimento mais amplo da nossa própria história: mulheres intelectuais que foram “apagadas”, mas que voltam à luz e num momento totalmente oportuno.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Que reflexão esse projeto, parece que fui anestesiada durante a minha Graduação na UFSC em Filosofia Bacharel/Licenciatura. Na verdade dá vontade de rir para não chorar, como somos manipuladas a pensar dentro de uma caixa imposta há século por um efêmero pré-conceito entre diferenças entre identidades sexuais. Mas, fico feliz, sempre existe uma luz, agradeço muito essa oportunidade de retornar aos estudos filosóficos sobre “as filósofas”. Muito Obrigada!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s